top of page
  • Mobflix

A Importância dos Cortes na Arquitetura

😃Olá Arquitetos, e futuros Arquitetos incríveis !


😉🚀Bora lá para mais um conteúdo importante?


🤔Mas peraí, você deve estar se perguntando: "Por que diabos os cortes são tão importantes?".


Bem, deixe-nos explicar.


Os cortes arquitetura trazem consigo detalhes cruciais e elementos complementares que são absolutamente essenciais para o projeto.


Eles fornecem uma visão interna e detalhada, revelando todos os segredos e encantos da estrutura. E é por isso que estamos aqui, para te guiar por esse mundo de possibilidades arquitetônicas.


Ei, não se preocupe se ainda não está familiarizado com os cortes na arquitetura.


Agora, falando sobre algo fundamental para a representação de um projeto ou obra existente: os cortes na arquitetura. Esses "heróis invisíveis" se encaixam perfeitamente na categoria de desenho técnico, onde é possível representar formas, dimensões e posições de objetos de forma clara e detalhada.


😃Vamos lá, a jornada para a excelência arquitetônica está apenas começando!


Projeto representando os Cortes
Projeto representando os Cortes

😃Neste conteúdo vamos explicar:


Na Mobflix, amamos arquitetura mais do que café na segunda-feira de manhã. E se você já viu nossa máquina de café, você sabe que isso é MUITO amor. Junte-se a nós em nossa plataforma e vamos celebrar essa paixão juntos.


Tenha uma excelente leitura!


😃A Importância dos Cortes na Arquitetura


A arquitetura é uma forma de arte que busca criar espaços funcionais e esteticamente agradáveis. Dentre as diversas técnicas utilizadas pelos arquitetos para transmitir suas ideias e conceitos, os cortes são uma ferramenta fundamental.


Os cortes representam a seção transversal de um edifício ou projeto arquitetônico, revelando sua estrutura interna e ajudando a compreender a relação entre os espaços. Neste tópico, exploraremos a importância dos cortes na arquitetura e como eles contribuem para a compreensão e apreciação dos projetos arquitetônicos.


• Compreendendo a forma e a função:

Os cortes arquitetônicos permitem uma compreensão mais profunda da relação entre a forma e a função de um edifício. Ao mostrar o interior do projeto, revelando os diferentes níveis e a organização espacial, os cortes ajudam a entender como os espaços se conectam e como eles podem atender às necessidades dos usuários. Através dos cortes, é possível visualizar a disposição dos ambientes, os fluxos de circulação, as proporções e a distribuição de luz natural, contribuindo para a análise e a crítica arquitetônica.


• Expressão das intenções do arquiteto:

Os cortes são uma ferramenta poderosa para expressar as intenções do arquiteto e transmitir sua visão criativa. Eles revelam a forma como o projeto se relaciona com o contexto urbano, como se integra ao entorno e como se insere na paisagem. Além disso, os cortes podem destacar elementos arquitetônicos específicos, como escadas, janelas, pé-direito duplo, materiais de revestimento, entre outros, que são essenciais para a estética e a identidade do edifício.


• Análise estrutural e de sistemas:

Os cortes também desempenham um papel importante na análise estrutural e de sistemas de um projeto. Eles revelam a disposição dos elementos estruturais, como pilares, vigas e lajes, permitindo avaliar sua eficiência e adequação às cargas e esforços. Além disso, os cortes podem evidenciar a integração dos sistemas de instalações elétricas, hidráulicas, de ventilação e de climatização, possibilitando uma análise mais precisa da viabilidade técnica do projeto.


• Comunicação e apresentação:

Os cortes são ferramentas essenciais para a comunicação e apresentação dos projetos arquitetônicos. Eles permitem que os arquitetos transmitam suas ideias de forma clara e concisa, facilitando a compreensão dos clientes, investidores e demais profissionais envolvidos no processo de construção. Os cortes, muitas vezes combinados com plantas baixas e fachadas, fornecem uma visão completa do projeto e auxiliam na tomada de decisões e na solução de problemas durante todas as etapas do processo.


Em resumo os cortes são elementos fundamentais na arquitetura, desempenhando múltiplas funções que vão desde a compreensão da forma e da função


🤔Qual o conceito de desenho técnico?


Os desenhos técnicos são representações gráficas utilizadas na arquitetura que trazem características, como corte, vistas e escalas. Segue como padrão as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).


Nele é possível mostrar formas, dimensões e posições de um objeto de acordo com a necessidade de cada situação. Diferente do desenho artístico, ele segue com exatidão o que deve conter na construção.


Existem dois tipos de desenho técnico:


• Desenho projetivo:

São projeções do objeto em um ou mais planos com vistas ortográficas e de perspectivas. Alguns exemplos, são: plantas baixas e desenhos geométricos;


• Desenho não projetivo:

Representações gráficas que não precisam de projeções. Alguns exemplos, são: Diagramas, esquemas, fluxogramas e gráficos;

Neste artigo, vamos destacar as plantas baixas, pois elas estão diretamente ligadas aos cortes arquitetura como veremos no próximo tópico.


🤔O que é corte na edificação?

É impossível falar de cortes arquitetura sem citar as plantas baixas, afinal são uma parte fundamental dos projetos arquitetônicos e de design de interiores. São elas que determinam como será o layout do ambiente.


Na planta baixa é possível visualizar como os cômodos ficarão interligados, disposição dos móveis e qualquer outro aspecto que seja pertinente. Nela também podem ser representados edifícios inteiros, um andar ou então um quarto individual.


Rapaz achando interessante o conteúdo Mobflix sobre ;"A Importância dos Cortes na Arquitetura."
Humm que interessante !

Os cortes arquitetura são um complemento direto a planta baixa, pois apresentam outros elementos e com maior riqueza de detalhes. Segundo o dicionário da língua portuguesa, corte é: “uma representação gráfica de uma seção plana do interior de um edifício, feita com o objetivo de revelar a sua estrutura ou disposição interna”.


Sendo assim, ele pode ser entendido como uma fatia da edificação, onde são mostrados nos andares, a altura, pé-direito, escadas, caixa d'água, níveis, além de outros detalhes que não estão representados na planta baixa. Os cortes arquitetura podem ser mais ou menos complexos, tudo depende do projeto que está sendo desenvolvido.


Os cortes arquitetura ajudam a fornecer o máximo de informações para a realização das obras e deve estar sempre indicado na planta com linhas com ponto, traço, setas e letras.


Em geral, um edifício possui diversas plantas e vários cortes arquitetura. Um conceito importante e que está relacionado diretamente aos cortes são as vistas ortográficas, conheceremos elas mais a fundo no próximo tópico.


🤔O que são vistas ortográficas?


É preciso destacar, contudo, que todos os cortes arquitetura devem levar em consideração as vistas ortográficas, que são classificadas como: vistas comuns, vistas seccionais e vistas auxiliares.


Segundo a Norma Técnica Brasileira (NBR 10647), vistas ortográficas são maneiras de representar objetos tridimensionais em superfícies planas. Dessa maneira, é possível ser objetivo no projeto e transmitir com exatidão suas características. As três dimensões da peça são: altura, largura e comprimento.


As vistas ortográfica também definem qual será a posição de observação do projeto, sendo:

  • Vertical: O observador vê o projeto de frente;

  • Horizontal: Observa o projeto de cima;

  • Lateral: Vendo o modelo de lado (esquerdo ou direito).


🤔Quais são os tipos de cortes arquitetura existentes?

Imagem representando os cortes :Transversal: quando o corte é paralelo ao lado menor do edifício; Longitudinal: quando o corte é paralelo ao lado comprido do edifício;
Corte Transversal e Corte Longitudinal

Os cortes arquitetura mais comuns são os de tipo horizontal, vertical e oblíquo. Contudo, eles possuem algumas especificações. São elas:

  • Transversal: quando o corte é paralelo ao lado menor do edifício;

  • Longitudinal: quando o corte é paralelo ao lado comprido do edifício;

  • Cortes em desvio: a linha de corte não segue um curso reto, mas em determinado ponto de seu percurso é deslizada para frente ou para trás, cortando uma área diferente da inicial;

Os dois cortes mais usados na planta baixa são o transversal e longitudinal, no próximo tópico vamos explorar e entender melhor essa duas opções fundamentais.



🤔Como definir um corte transversal?

Como dito anteriormente, o corte transversal é aquele que atravessa a planta baixa de um lado para o outro, como se a edificação estivesse sendo cortada ao meio. Dessa maneira, é possível visualizar o interior dela sem dificuldades. Lembre-se de sempre indicar qual será o sentido de observação dos cortes arquitetura.


🤔Como fazer um corte longitudinal?

Para fazer um corte longitudinal, é preciso seguir o sentido do maior comprimento da edificação, na direção que vai da frente do objeto até os fundos. Vale lembrar, que é necessário indicar exatamente onde foi feita e qual é a direção de visualização, por meio de anotações na planta baixa.


😉A importância dos cortes arquitetura


Como você pode perceber, os cortes arquitetura são uma parte básica de todo projeto arquitetônico. Eles trazem detalhes relevantes e, principalmente, informam qual será a altura dos objetos da edificação, além de ampliar a visão do interior.


Devido a quantidade de detalhes e medições, é comum que estudantes e profissionais da área tenham dificuldades em entender como fazer os cortes arquitetura. Por isso, o recomendado é investir em um curso de qualidade sobre o assunto.


Ele vai te preparar para o mercado de trabalho e mostra conhecimentos que não foram vistos em sua formação profissional. Ao assinar com a Mobflix você terá acesso ao curso “Descomplicando o Corte Arquitetônico”.


Essa especialização é ministrada pelo professor Ronaldo Carreta, que já deu aula para mais de 60 mil alunos em diversos países. Seu método de ensino próprio, é simples e rápido, onde são incluídos diversos exemplos práticos ao longo do curso.


Gostou do conteúdo? Se sim, não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos que também são apaixonados por arquitetura. E não se preocupe, na Mobflix temos muito mais para oferecer.

Até a próxima !



Acelere sua trajetória para o sucesso e comece hoje a investir no seu futuro. Assine com a plataforma Mobflix e tenha acesso a mais de 60 cursos da área de arquitetura. Tudo isso, com o melhor custo benefício.


Gif Moça indicando o link da Mobflix
Clica no link ao lado e descubra como se destacar em sua carreira!



✅👍Desbloqueie o acesso a mais de 60 cursos especializados e nossa Mob.AI uma inteligência artificial disponível 24/7 para tirar todas as suas dúvidas. 😉🚀




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page